Partida

em 03/03/10

Meu olho parecia açude de tanta felicidade, olhei o céu rachado do sertão desenhando em cada fresta de nuvem uma tilápia. Partimos. Uma liberdade agreste encontrou saída no bafo quente que entrava pela janela de Catarina, se espalhou na paisagem. Olhei Jon ao meu lado dirigindo Catarina e me lembrei de Dona Valbea que era só dengo, arrumando tudo arrastado numa vontade danada de alongar o tempo - gostava de ver as crias juntas.

Saímos da chácara cedo para arrumar Catarina que estava em Feira de Santana, tinha quebrado um dia antes da partida, precisou trocar o motor de arranque atrasando a viagem. Tio Zé homem de boa vontade deixou tudo no ponto. A maior surpresa do dia foi vovô , que saiu de casa para ver Catarina. O corpo frágil de vovô contrastava com a força e lucidez das suas idéias. Abençoou a viajem e desejou sorte. 


Fotos: Jon

voltar